EducaPX SitePX AWS Contraste Aumentar/Diminuir a fonte

1º Prêmio

Na experiência do Município de São Paulo, o Programa de Metas da Prefeitura de São Paulo trata de “Implementar a Educação em Direitos Humanos”, através da Meta 63, fazendo dela uma política pública formativa. O Prêmio Municipal de Educação em Direitos Humanos, enquantoiniciativa da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania (Coordenação de Educação em Direitos Humanos) em conjunto com a Secretaria Municipal de Educação, através do Grupo Intersecretarial de Educação em Direitos Humanos, contando com especial apoio do Núcleo de Educação em Direitos Humanos e a representação das 13 Diretorias de Ensino do Município, vem consolidando a tarefa de promoção da cultura dos Direitos Humanos na Rede Municipal de Ensino.

Na experiência do 1º. Prêmio, realizado em 2013, procurou-se enfatizar:

- a consolidação da cultura dos direitos humanos no exercício do direito à educação;

- a visibilidade das iniciativas já consolidadas nos últimos 5 anos; a identificação das Unidades Escolares, dos Educadores e dos Estudantes protagonistas de projetos de educação em direitos humanos.

Após a abertura do edital, foram inscritos 63 projetos para disputar o Prêmio, sendo:

16 projetos, na Categoria Unidades Educacionais;

47 projetos, na Categoria Professores;

0 projetos, na Categoria Estudantes.

Temas recorrentes nos projetos tem sido: cidadania; inclusão social; sustentabilidade; cultura; inclusão de pessoas com deficiência; memória e verdade; gênero e igualdade; combate ao bullying; educomunicação; diversidade LGBT; combate ao racismo; diversidade étnica e indígenas; idosos; comunidade; família; juventude, entre outros.

As 13 Diretorias Regionais de Ensino tiveram unidades educacionais de diversas modalidades ( CIEJA; CEI; EMEI; EMEF) inscritas no Prêmio, logo em sua primeira edição, indicador que aponta que havia demanda reprimida na temática, mas que indica que a EDH é praticada, numa diversidade de abordagens e questões, o que faz dela uma presença forte na tradição escolar do Município de São Paulo.

A consolidação do Prêmio é um desafio da Cidade Educadora, rumo à educação integral, pública e de qualidade, e é desta forma que desejamos que a experiência se consolide através de inúmeras vindouras edições, de crescente número de inscrições, de farta originalidade nos projetos, do desenvolvimento qualitativo das iniciativas de EDH, para que a cultura de respeito aos direitos humanos se torne parte do quotidiano do convívio democrático, aberto e pluralista. Afinal, o nosso desejo comum é o da construção de uma sociedade mais justa, livre e solidária.

 

left show fwR|left tsN uppercase fwB bsd b01s|left fsN bsd fwR c10 b05ns show center uppercase|bnull||image-wrap|news fwB tsN fwR tsY c05|normalcase fwR fsN c10nwse|b01 c05 bsd|news login c10|tsN normalcase fwR b01 bsd fsN|b01 normalcase bsd c05|content-inner||